Pacto de Mediação

O "Pacto de Mediação" reflete o compromisso de seus signatários de priorizar mecanismos consensuais na abordagem de conflitos, tais como a mediação, a conciliação e a negociação. Por meio do Pacto de Mediação, os operadores das mais variadas áreas da atividade econômica se comprometem a adotar práticas alinhadas com os métodos consensuais de solução de controvérsias, com o intuito de aperfeiçoar constantemente os processos de gestão e resolução de disputas, de maneira colaborativa, eficiente e sustentável. 

 

Esta iniciativa começou a ser empreendida pelo International Institute for Conflict Prevention & Resolution (“CPR”) no início dos anos 1980, com grande aceitação entre diversas entidades e empresas dispostas a transformar a forma de lidar com controvérsias. 

 

Para ter acesso ao Pacto de Mediação do CBMA, clique aqui.

 

Signatários do Pacto de Mediação do CBMA

 

Advocacia Felizardo Barroso e Associados

Assis Advogados

Associação Comercial do Rio de Janeiro

Bessa, Homem de Carvalho e Gonçalves Sociedade de Advogados

Centro Brasileiro de Mediação e Arbitragem – CBMA

Comissão de Mediação de Conflitos da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional do Rio de Janeiro

Escritório de Advocacia Sérgio Bermudes

FindResolution – Gestão Estratégica de Conflitos

Gondim Advogados Associados

Gouvêa Vieira Sociedade de Advogados

Hamilton Quirino Advogados

JM Garcez Advogados Associados

Kincaid, Mendes Vianna Advogados

Mediare Diálogos e Processos Decisórios

Nunes Ferreira, Vianna Araújo, Cramer, Duarte Advogados

Pelajo Souza e Lima Advogados Associados

Pimentel, Bastos, Veiga e Smilgin Advogados

SEBRAE/RJ

Sylvio Capanema de Souza Advogados Associados

Tostes Associados Advogados

Trench, Rossi e Watanabe Advogados

Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro

 

 

Celebração do Pledge Mutual Recognition Agreement com o CPR, em 27 de abril de 2015:

 

Em 27 de abril de 2015, o CBMA e o CPR – instituição de referência no que diz respeito aos métodos alternativos de resolução de disputas (ou alternative dispute resolution – “ADR”) – celebraram o Acordo de Mútuo Reconhecimento de seus Pactos de ADR (Pledge Mutual Recognition Agreement), o qual representou um importante avanço na história de ambas as instituições, solidificando sua cooperação. A partir da celebração do Acordo, o CPR e o CBMA definiram a solidariedade e a reciprocidade de seus respetivos pactos de ADR, quais sejam, CPR 21st Century Corporate ADR Pledge©CPR Corporate Policy Statement on Alternatives to LitigatioCPR Law Firm Policy Statement on Alternatives to Litigation© e o Pacto de Mediação do CBMA, que, juntos, somam milhares de signatários.

 

A celebração do Acordo de Mútuo Reconhecimento é um marco de extrema relevância, considerando, principalmente, que o CBMA foi a primeira câmara brasileira a concretizar sua reciprocidade e mútua cooperação com o CPR. Além do CBMA, o CPR celebrou acordos nesses moldes com o Centre de Médiation et d’Arbitrage de Paris (CMAP), Irish Commercial Mediation Association (ICMA), Camera Arbitrale di Milano (CAM) e Centre for Effective Dispute Resolution (CEDR).

 

 

FUNDADORES
Rua Candelária, nº 9, Gr. 803 — Centro, Rio de Janeiro, RJ, 20091-904
Tel.: +55(21) 2233-9974 / +55(21)2223-0194 / +55(21) 2514-1209 / +55(21) 2514-1214. Fax: +55(21) 2514-1209
E-mail: cbma@cbma.com.br
Horário de Atendimento: 10:00h às 17:30h
Desenvolvido por:
Desenvolvedora do Site